; 

ERVA MATE
A Erva Mate (Ilex paraguariensis) é uma árvore originária da região subtropical da América do Sul, bastante conhecida por fazer parte da cultura sulista no Brasil como uma bebida famosa pelos benefícios gerados à saúde. Os cosméticos produzidos a partir dessa matéria-prima em forma de extratos e óleos naturais, puros e orgânicos também prometem auxiliar na beleza da pele e cabelos. Por ser rica em polifenóis, um antioxidante natural, a Erva Mate ajuda a retardar a velocidade do processo de envelhecimento, além de possuir propriedades energizantes e refrescantes, sendo um revigorante natural que estimula o corpo e a mente.

MARIA DA SELVA
A árvore do Mulateiro (Calycophyllum spruceanum), também chamado de mulateiro-da-várzea, é uma árvore majestosa de 30 metros de altura conhecida como “árvore da juventude” por uma tradição milenar. Segundo uma lenda as guerreiras amazonas se banhavam, em noites de lua cheia, com um preparo da casca desta árvore para se manterem sempre jovens e belas. De acordo com pesquisa realizada, o extrato de Mulateiro contém fenóis (um tipo de molécula orgânica) com alta capacidade antioxidante, detendo a ação dos chamados radicais livres e impedindo o envelhecimento das células.

FLOR DA NOITE
O Belides é um ingrediente botânico obtido das flores da Margarida (Bellis perennis), rico em diversas moléculas bioativas com uma surpreendente capacidade de inibição da melanogênese. Ele é o único ativo que atua em todas as etapas da melanogênese, agindo antes, durante e após a formação de melanina na pele, proporcionando resultados rápidos e com alta eficácia.
A pigmentação é um mecanismo natural que ocorre em células específicas da epiderme, denominadas melanócitos, que produzem a melanina (pigmento marrom) proporcionando uma cor uniforme à pele. Quando a pele recebe um estímulo de “agressão”, seja porexposição solar, alteração hormonal ou até mesmo lesões, em resposta, células específicas da epiderme fazem um estímulo irregular na formação de melanina, que se acumula na pele formando manchas.

COPAÍBA
A árvore de Copaíba (Copaifera officinalis) possui madeira avermelhada e flores brancas. É conhecida como “pau-de-óleo” e “árvore milagrosa”, porque produz um óleo medicinal que é extraído do tronco, criado por canais secretores na medula da árvore e é conhecido como antibiótico da mata. É um dos óleos medicinais mais usados na Amazônia, principalmente para tratar inflamações. Possui funções medicinais como antibiótico, anti-inflamatório e cicatrizante, muito utilizado no tratamento de doenças de pele como dermatose ou outra moléstia da pele, especialmente quando caracterizada pela ausência de inflamação e psoríase.

BURITI
O Buriti também chamado de Miriti (Mauritia flexuosa) é fruto típico do Buritizeiro, uma palmeira muito alta, nativa de Trinidad e Tobago e das Regiões Central e Norte da América do Sul, onde é considerada a “árvore da vida”. É essencial para o sustento dos nativos da região e seu nome deriva do Tupi Guarani e significa “abundância em água”. O óleo de Buriti é extraído por prensagem de suas sementes e é uma excelente fonte de vitamina A (betacaroteno) e Pró Vitamina B5.. Os benefícios do óleo de buriti são inúmeros: nutre e hidrata a pele seca e enrugada, melhora a elasticidade e a luminosidade, combate os radicais livres, prevene o envelhecimento precoce, estimula a produção de colágeno e elastina e seu óleo é usado como protetor solar  natural, prevenindo e aliviando queimaduras solares!

PRACAXI
O Pracaxi (Pentaclethra macroloba) é uma árvore muito conhecida na região da Amazônia. Suas sementes são recolhidas pela população em rios, praias e igarapés, sendo posteriormente secas ao sol e armazenadas para extração do poderoso óleo. O óleo de  contém a mais alta concentração conhecida do ácido beênico (19%) sendo seu mais importante ativo. Rico em vitaminas e ácidos graxos é considerado hidratante e nutritivo, possui vários benefícios: na pele estimula a elasticidade, previne o aparecimento das estrias, linhas de expressão e auxilia no clareamento; nos cabelos ele é utilizado como o “silicone natural”, mantém os fios protegidos dos efeitos dos raios solares, evita a formação do frizz, pois ajuda a fechar as cutículas proporcionando um efeito de cauterização. O resultado disso é um cabelo mais brilhante, mais macio, que desembaraça facilmente e que fica mais alinhado e disciplinado.

ANDIROBA
A Andiroba (Carapa guianensis) é uma planta medicinal de até 30 metros de altura, bastante utilizada pelas populações da Amazônia, região da qual é nativa. Em Tupi significa “óleo amargo” e em suas cascas e sementes são encontrados os compostos chamados de meliacinos que combatem doenças como artrite, ajudam a controlar inflamações, possuem ação anti reumática e agem como inseticida. O óleo extraído das suas sementes é muito utilizado para a produção de repelente de insetos, é cicatrizante, antisséptico e anti-inflamatório. Na indústria cosmética é utilizada por sua ação revitalizante e hidratante na pele, pois intensifica o poder de esfoliação do sabonete, deixando-a profundamente limpa e saudável.

BIOMAS DO SUL
Esta linha possui em destaque o extrato de Araucária (Araucaria angustifolia) típico da região sul e algumas partes do sudeste do Brasil, extraído com manejo sustentável pois é uma árvore de destacada importância ambiental, cultural e econômica. A árvore é possui uma semente chamada de pinhão, que se forma dentro de uma pinha fechada e nos meses de maio a julho, no tardar do outono do hemisfério sul, as pinhas “estouram” ao calor do sol, espalhando os pinhões num raio de aproximadamente cinqüenta metros a partir da planta mãe. Seu extrato orgânico é rico em minerais, oligoelementos, proteínas, lipídeos, cálcio, fósforo, ferro, vitamina A, vitamina B1, vitamina B3, possui alto poder antioxidante e auxilia na proteção da pele contra radiação UV.

CALÊNDULA – Pele Delicada
Esta linha utiliza os benefícios incríveis da Calêndula (Calendula officinalis) também conhecida como bem-me-quer mal-me-quer, maravilha, margarida dourada ou verrucária, em sua forma de extrato, puro e orgânico. A Calêndula tem inúmeras propriedades medicinais e foi muito usada na I Grande Guerra na Europa por sua ação bactericida, anti-inflamatória, cicatrizante e antisséptica. Posteriormente comprovou-se seus efeitos  para tratar problemas uterinos, cólicas menstruais, estimular a atividade hepática e atenuar espasmos gástricos. Indicada principalmente para peles delicadas, frágeis, sensíveis é ideal para uso infantil.